Semana em 1 Minuto Fechar

Semana em 1 Minuto #93: Previdência aprovada, Projeções de Selic e IPCA, China, e mais!

25 de outubro de 2019 PatrimonoPatrimono

Se você preferir, pode ouvir este resumo em áudio aqui:

Além disso, você pode ouvir o Semana em 1 Minuto no seu leitor de podcast favorito!

Previdência aprovada, Projeções de Selic e IPCA, China, e mais. Confira abaixo essas e outras notícias da semana:

BC propõe abertura de conta em dólar –
Com 60 votos favoráveis e 19 contrários, o plenário aprovou o texto-base da reforma da previdência social do país. Os senadores ainda precisarão analisar dois destaques, mas já asseguraram pontos principais do texto, como a fixação de uma idade mínima de aposentadoria para trabalhadores do setor privado, que será de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres. A decisão abre caminho para a maior alteração já feita na previdência do país em três décadas e deve afetar as regras de aposentadoria e pensões para mais de 72 milhões de brasileiros.

Expectativa para Selic cai a 4,5% –
O mercado voltou a reduzir a expectativa para a Selic em 2019, em meio a projeções mais baixas para a inflação neste ano e no próximo. De acordo com o Banco Central, a expectativa é que a taxa básica de juros termine o ano a 4,5%, contra uma projeção anterior de 4,75%.

Atualmente a Selic está em 5,5% ao ano, o menor patamar da história e, na próxima semana, o Copom se reunirá mais uma vez, onde deve cortar mais uma vez a taxa básica de juros do país.

União Europeia concorda em adiar o Brexit –
Diplomatas da União Européia concordaram em adiar o Brexit, mas deixaram em aberto também a extensão desse adiamento. Apesar do texto preliminar ter deixado em branco a nova data, ele afirma que a divisão poderia ocorrer mais cedo se a ratificação fosse concluída anteriormente – uma ideia conhecida como “flextension”.

Conforme explicado por um membro da UE, as duas opções possíveis englobam (i) uma “flextension” de três meses ou uma de “dois níveis”. No primeiro caso, o Reino Unido deixaria o bloco no dia 31 de janeiro, três meses após a data atual de partida, mas mais cedo se ratificasse um acordo com a União Europeia antes disso. Já o segundo caso incluiria uma outra data específica em que o RU poderia sair.

Crescimento da China –
A economia da China teve uma taxa de crescimento anualizada de 6% no terceiro trimestre de 2019, o pior resultado desde 1992. A disputa comercial com os Estados Unidos afetou a demanda interna e externa, prejudicando a produção chinesa. O resultado ficou abaixo das estimativas de analistas. A meta de Pequim para o crescimento do PIB é entre 6% e 6,5%.

Mercado diminui projeção da inflação mais uma vez –
De acordo com o Relatório Focus divulgado pelo Banco Central, o mercado reduziu sua projeção de inflação para 2020 de 3,73% na última semana para 3,66%. Para 2019, a projeção também foi levemente reduzida, passando de 3,28% para 3,26%.

IPCA-15 apresenta alta maior do que o esperado em outubro –
Suavizando a rápida desaceleração da inflação vista nos últimos meses, o IPCA-15 de outubro registrou alta de 0,09%, acima das expectativas de mercado coletadas pela Bloomberg (+0,03%).

Estas foram as principais notícias desta semana.
Ótimo final de semana e até a próxima sexta!


Veja Também