Semana em 1 Minuto Fechar

Semana em 1 Minuto #90: Senado aprova Previdência, BC diminui projeção da Selic, e mais!

4 de outubro de 2019 PatrimonoPatrimono

Se você preferir, pode ouvir este resumo em áudio aqui:

Além disso, você pode ouvir o Semana em 1 Minuto no seu leitor de podcast favorito!

Senado aprova Previdência, BC diminui projeção da Selic, e mais. Confira abaixo essas e outras notícias da semana: 

Senado completa aprovação em primeiro turno da reforma da previdência – Os seis destaques que ficaram para esta semana foram rejeitados ou foram retirados pelos autores após negociação com o governo. Na Casa, a reforma encolheu R$133,2 bilhões e deve gerar economia próxima a R$800 bilhões em 10 anos. A proposta precisa ser apreciada novamente em um segundo turno, que estava previsto para a próxima semana.

Entretanto, senadores falam em adiamento como forma de pressão para que a Câmara não tome para prefeituras recursos do leilão do pré-sal que o Senado havia destinado aos estados. A desorganização da articulação política do governo também contribui para que a votação ocorra na segunda quinzena do mês. Paulo Guedes está insatisfeito com a desidratação da reforma e prepara uma compensação em outro projeto, o do pacto federativo.

A ordem é que cada bilhão perdido seja recuperado na nova proposta. Não há detalhes, mas falava-se em R$500 bilhões de transferência de recursos do governo federal para estados e municípios.

Mercado diminui projeção da Selic para 2019
De acordo com o Relatório Focus divulgado pelo Banco Central, o mercado reduziu sua projeção de inflação para 2020 de 3,80% na última semana para 3,79%. Em 2019, a projeção também foi levemente reduzida, de 3,44% para 3,43%. A projeção de PIB para 2019 e 2020 permaneceu estável em 0,87% e 2,00%, respectivamente.

Já a projeção da taxa de câmbio para 2019 passou de 3,95 na última semana para 4,00, muito provavelmente devido aos acontecimentos internos e externos que elevaram a aversão ao risco nas últimas semanas. Enquanto isso, a projeção da taxa Selic para 2019 foi reduzida de 5% para 4,75% enquanto a projeção para 2020 permaneceu estável em 5,00%.

OMC derruba projeção de transações globais
Devido ao aumento das tensões comerciais e a desaceleração da economia global, a Organização Mundial do Comércio apresentou o que chamou de um “corte drástico” em sua projeção para o crescimento das transações globais de 2019.

Segundo a OMC, a expansão será de 1,2% este ano, bem abaixo da projeção apresentada seis meses atrás, de 2,6%. Para o ano que vem, a instituição também derrubou sua estimativa de crescimento do comércio, de 3%, em abril, para 2,7% agora.

Produção industrial
Após três meses consecutivos de queda, a produção industrial brasileira cresceu 0,8% de julho para agosto, conforme a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) divulgada pelo IBGE. De acordo com o IBGE, esse é o melhor resultado para o mês de agosto desde 2014, quando foi apurada uma alta de 0,9%.

A retomada da produção industrial foi impulsionada pela indústria extrativa, que cresceu 6,6% no mês. Apesar da continuação do crescimento industrial, o ritmo de recuperação ainda é menor que o registrado no ano passado.

Empresas chinesas –
O governo dos Estados Unidos está estudando a possibilidade de remover as empresas chinesas da lista de ativos negociados nas principais bolsas de valores do país, como uma forma de diminuir os investimentos para a China.

Em fevereiro de 2019, a capitalização de mercado total de 156 empresas chinesas listadas em bolsa americana era de R$ US$1,2 trilhão, de acordo com a Comissão de Revisão Econômica e de Segurança EUA-China. A medida não é considerada de fácil implementação e vem gerando bastantes controvérsias.

Estas foram as principais notícias desta semana.
Ótimo final de semana e até a próxima sexta!

Veja Também