Semana em 1 Minuto Fechar

Semana em 1 Minuto #38: Brasileiro investe mais por segurança do que por retorno; BC intervém para controlar volatilidade do dólar; Argentina eleva juros para 60% após mais uma queda do Peso; e mais!

31 de agosto de 2018 PatrimonoPatrimono

Se você preferir, pode ouvir este resumo em áudio aqui:

Além disso, você pode ouvir o Semana em 1 Minuto no seu leitor de podcast favorito. Basta procurar por “Patrimono TV” e assinar!

 

 

Brasileiro investe mais por segurança do que por retorno; BC intervém para controlar volatilidade do dólar; Argentina eleva juros para 60% após mais uma queda do Peso; e mais. Confira abaixo essas e outras notícias da semana:

Brasileiro investe mais por segurança do que por retorno –
Uma pesquisa da Anbima (Associação das Entidades do Mercado) revelou que a sensação de segurança é o principal motivo para os brasileiros que investem aplicarem seu dinheiro. De acordo com o levantamento, 54% da população que faz algum tipo de investimento prefere a segurança do que acumular ganhos.

Essa percepção é dividida por todas as faixas etárias, classes sociais e níveis de escolaridade. Até por isso, a caderneta de poupança é o destino das economias de 88% dos investidores. A pesquisa também revelou que um décimo dos investidores brasileiros não sabe os motivos que o levam a investir.

 

Brasileiros também estão mais otimistas quanto ao mercado financeiro –
O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) subiu 3,1% em relação a julho, alcançando 104,7 pontos em agosto. Trata-se do maior nível desde maio de 2016. Este é o segundo aumento consecutivo do indicador. O levantamento mostra que os brasileiros estão mais otimistas com o desempenho da inflação, do emprego, da renda pessoal e da situação financeira nos próximos seis meses.

O indicador de expectativas sobre a inflação aumentou 3,2%, o de emprego subiu 3,1% e o de renda pessoal cresceu 5,6% em relação a julho. O índice de expectativa em relação a situação financeira aumentou 6,4% e o de endividamento cresceu 2,8% frente ao mês passado.

 

Real fraco chama a atenção dos mercados e BC intervém para controlar volatilidade – ​​
Nessa quinta-feira o Banco Central anunciou um leilão extraordinário no qual ofertou 30 mil contratos de swap, totalizando US$1,5 bilhão. Com isso, o BC busca diminuir a volatilidade do Dólar, que chegou a bater 4,21 ontem ao longo do dia com tensões elevadas no cenário externo. O dólar fechou o dia em 4,14, e acumula queda de 9,8% no mês de agosto.

O movimento reflete a combinação da incerteza política, alta de juros nos EUA e tensão em emergentes. Apesar de parecer exagerado, a volatilidade deve continuar elevada à medida que nos aproximamos da eleição.

 

Trump anuncia acordo bilateral com o México –
Os EUA assinaram novo acordo comercial com o México com foco em automóveis. O Canadá, por sua vez, pretende entrar nas negociações do NAFTA, mas o acordo não depende de sua adesão. O fato é bem recebido pelo mercado, diminuindo as preocupações em relação ao protecionismo Americano.

 

Mercados em queda seguindo escalada das tensões comerciais –
Os EUA ameaçaram sair da Organização Mundial do Comercio. Apesar de improvável, seria ainda mais perigoso para o crescimento mundial do que uma guerra comercial EUA-China;

Já em relação à China, as tensões continuam elevadas, e uma decisão em relação a tarifar ou não US$200bi em importações Chinesas nos EUA pode ser tomada após o dia 6 de setembro.

Peso argentino despenca 15,6% e BC eleva taxa de juros para 60% –
Para tentar acalmar o mercado, a Argentina pediu ao FMI que liberasse parte dos fundos do financiamento de 50 bilhões de dólares. Após o último movimento, o FMI concordou em acelerar o seu apoio.

Contudo, a volatilidade do Peso traz incerteza para a região, e pesa no Real, portanto mais estabilidade deve ser bem-vinda pelo mercado.

IGP-M acelera alta para 0,70% em agosto –
O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) acelerou alta de 0,51% em julho para 0,70% em agosto. O resultado foi pressionado pela escalada do dólar no período. Agora, o índice acumula alta de 6,66% no ano e de 8,89% em 12 meses.

Itaú anuncia parceria com PayPal –
Segundo o Valor Econômico, o banco anunciou nesta quarta-feira (29/08) que oferecerá serviços de carteira digital aos seus clientes e pretende atingir 1 milhão deles nos próximos dois anos.

A Rede, que tem como objetivo igualar a participação em e-commerce à sua fatia do mercado geral, será a adquirente de preferência, porém não exclusiva, do PayPal para os varejistas de e-commerce. O PayPal possuí atualmente 3,8 milhões de usuários ativos e 350 mil lojistas cadastrados no Brasil.

 

Estas foram as principais notícias desta semana.

Ótimo final de semana e até a próxima sexta!


Veja Também