Você sempre pode investir melhor

Semana em 1 Minuto #5: candidatura de Meirelles, FGC limitado, redução da TJLP e mais

22 de dezembro de 2017 |

Se você prefere ouvir o resumo, acesse:

O final do ano se aproxima, mas as notícias continuam surgindo no mercado político-econômico. Estas foram as principais notícias da semana, com destaque para a possível candidatura do atual Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e aprovação do limite global do FGC para investidores.

Meirelles se apresenta como nome do centro

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o caminho é pelo centro, se colocando como um nome desse campo, e não pelos extremos. Meirelles também elogiou “a coragem” do atual governo de fazer as reformas, se colocando como responsável pelo fim da recessão e atacou a gestão Dilma Rousseff. “O governo anterior quebrou o Brasil”.

CMN limita cobertura do FGC em R$1 milhão por investidor

O Conselho Monetário Nacional aprovou alterações no estatuto e no regulamento do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Foi mantido o limite de garantia ordinária de R$ 250 mil por instituição, mas se estabeleceu que as coberturas para cada investidor ficam limitadas a R$1milhão a cada período de quatro anos, no conjunto de instituições associadas.

De acordo com a reportagem da Valor, essa movimentação foi motivada pelo diagnóstico de que o FGC tinha virado uma peça de marketing para captação de bancos de menor porte e financeiras. O investidor, nesse caso, estaria negligenciando o risco, comprando papel com cobertura do FGC sem avaliar a situação de crédito de cada instituição.

Banco Central libera R$ 6,5 bilhões para bancos

O Banco Central anunciou a liberação de R$ 6,5 bilhões que estão depositados na instituição, uma parte dos chamados “depósitos compulsórios” – a parcela de recursos de clientes que os bancos precisam, obrigatoriamente, depositar no BC.

Com a medida, a autarquia eleva o volume de recursos disponíveis, nos bancos, para operações de crédito. A instituição reduziu os recolhimentos de compulsórios sobre recursos à vista e a prazo.

No primeiro caso, queda de 45% para 40% e, no segundo, de 36% para 34%. Na prática, isso significa que a cada R$ 100 depositados numa conta corrente em um banco, R$ 40 serão recolhidos pelo BC, e não mais R$ 45.

De acordo com o BC, deste total de R$ 6,5 bilhões, R$ 882 milhões serão liberados para as instituições financeiras no dia 26 de dezembro. Os demais R$ 5,618 bilhões serão liberados no dia 2 de janeiro.

CMN reduz TJLP de 7% para 6,75%

O Conselho Monetário Nacional (CMN) optou por reduzir a TJLP de 7,00% para 6,75% ao ano. Este também será o porcentual inicial da Taxa de Longo Prazo (TLP), que a partir de janeiro começa a ser a referência para os novos contratos de crédito firmados com o BNDES. Este será o ponto de partida da nova taxa que, ao longo de cinco anos, convergirá para juros praticados hoje no mercado.

Confiança da Construção sobe, enquanto a Confiança do Consumidor recua

Segundo a FGV, no mês de dezembro a confiança da construção registrou uma alta de 2 pontos e atingiu 81,1 pontos. Este é o maior nível desde janeiro de 2015. Já a confiança do consumidor do mesmo mês recuou 0,4 ponto. Com isso, o indicador ficou em 86,4 pontos.

Fazenda dá prioridade a reformas e lei de falências em 2018

Segundo o Valor, em 2018 a prioridade da equipe econômica orbitará em torno de 3 temas na tarefa de dar sustentabilidade ao crescimento no longo prazo, reduzir burocracias e impulsionar a competitividade das empresas.

Além das alterações na Previdência, o governo vai buscar a atualização da lei de falências e a aprovação da reforma tributária. Para a reforma Tributária, o Ministério da Fazenda quer alterar as normas de PIS/Cofins e, se possível, também no ICMS.

Se optar por se ater ao primeiro caso, cialis 20mg a expectativa é que as alterações do governo têm mais chance de avançar em 2018.

Esperamos que tenham gostado desse formato de deixá-los informados sobre as principais notícias do mercado. Voltamos em 2018, semanalmente, como de costume.

A Patrimono deseja a todos um Feliz Natal e um próspero ano novo!

Obrigado pela confiança!

Veja Também