Você sempre pode investir melhor

Semana em 1 Minuto #24: Temer anuncia Meirelles; Ata do COPOM; Greve dos caminhoneiros; Bolsa abaixo dos 80mil pontos, dólar na casa dos R$3,60; e mais

25 de maio de 2018 |

Se você preferir, pode ouvir este resumo em áudio aqui:

Além disso, você pode ouvir a Semana em 1 Minuto no seu leitor de podcast favorito. Basta procurar por “Patrimono TV” e assinar!

Temer anuncia Meirelles como candidato; Ata do COPOM busca acalmar mercados; Greve dos caminhoneiros; Bolsa abaixo dos 80mil pontos, dólar na casa dos R$3,60; e mais. Confira abaixo essas e outras notícias da semana:

Temer anuncia Meirelles como candidato – O Presidente Michel Temer anunciou nesta semana a candidatura do ex-ministro Henrique Meirelles à presidência pelo MDB. O evento em Brasília não contou com manifestações significativas da plateia, nem com presença de lideranças como Eunicio Oliveira e Renan Calheiros, que o Valor comenta resistirem ao lançamento da candidatura própria do MDB.

 

Promotoria apura doações para campanhas do PSDB entre 2009 e 2012 – De acordo com notícia veiculada pela Folha, em relatos reunidos pelo promotor José Carlos Blat, a CCR aparece como doadora de R$ 23 milhões para três políticos tucanos de SP entre 2009 e 2012. Alckmin e Aloysio Nunes negam ter recebido esses valores; José Serra não se manifestou. De acordo com a Folha, a CCR deu cerca de R$ 5 milhões para o caixa dois da campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) em 2010, segundo relatos feitos por representantes da empresa ao Ministério Público de São Paulo. O dinheiro teria sido entregue ao cunhado de Alckmin, o empresário Adhemar Ribeiro, segundo a narrativa feita à Promotoria.

 

Ata do Copom busca acalmar mercados – De acordo com uma primeira leitura da nossa equipe econômica, ata do Copom publicada pelo Banco Central nesta manhã busca acalmar o mercado, comentando que não tem relação direta entre política monetária e o cenário global (Juro vs. BRL). Na quarta-feira da semana passada, o BC surpreendeu o mercado mantendo a taxa básica de juros estável em 6,5%, contra expectativas de um corte de 6,25%, citando o cenário externo como sua principal preocupação. Depois de dois dias de volatilidade na quinta e sexta, o BC anunciou na sexta-feira à noite que triplicaria a oferta de Swaps no mercado nesta segunda-feira (o que ajuda a valorizar o Real), e que poderia fazer atuações pontuais daqui em diante, buscando diminuir a volatilidade do câmbio, mas sem defender um nível especifico de preço. O anúncio do BC, em conjunto com uma melhora de sentimento para mercados emergentes trouxe um respiro para o Real.

 

Câmara vota zerar PIS/COFINS do diesel – O plenário da Câmara aprovou o texto base do projeto da reoneração da folha de pagamentos das empresas e, junto, zeraria a alíquota do PIS/COFINS sobre o diesel até dezembro (hoje R$0,4615/litro – 14% do preço final). A proposta ainda tem que passar pelo Senado e, caso não sejam feitas alterações, segue para sanção do Presidente. Nos nossos cálculos, a eliminação do tributo para o restante do ano sobre os combustíveis representará um impacto de R$15 bilhões no orçamento do governo (R$25 bilhões anualizado). A redução traz preocupações em relação à situação fiscal do país, o que, dadas as incertezas no cenário eleitoral, pode trazer volatilidade adicional aos mercados. Dito isso, com a greve dos caminhoneiros colocando em risco boa parte dos setores da economia, o governo não tem muitas alternativas, e age rapidamente para buscar uma solução.

 

Michel Temer concorda em subsidiar Petrobrás por 30 dias – Ontem, o governo do presidente Michel Temer concordou em subsidiar a Petrobras pelos próximos trinta dias para garantir um desconto de 10% no diesel e conseguiu convencer a petroleira a fazer reajustes mensais, em vez de diários, nos preços de combustíveis. Esse último arranjo deve figurar até o final do ano, enquanto o primeiro, que vai custar até R$350 milhões aos cofres públicos, tem prazo de validade com ameaça do retorno dos protestos.

 

Trump cancela reunião com Kim Jong-um – O presidente dos Estados UnidosDonald Trump, cancelou nesta quinta-feira (24) a reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que estava prevista para acontecer em 12 de junho, em Singapura. A decisão vem no mesmo no dia em que a Coreia do Norte anunciou o desmantelamento completo do seu centro de testes nucleares. Líderes norte-coreanos informaram que a decisão de Trump não está alinhada com a vontade do mundo.

 

Bolsa abaixo dos 80mil pontos – Segundo matéria do portal TradersClub, a bolsa deve continuar oscilando com dúvidas sobre a sustentabilidade da greve dos caminhoneiros; mercado segue de olho no desempenho dos papéis da Petrobras.

Além disso, segundo o MoneyTimes, somente em maio, até agora, houve uma retirada de R$2,23 bilhões de capital estrangeiro na Bolsa.

 

Dólar volta a casa dos R$3,60 – O dólar deve oscilar nos próximos dias com notícias do exterior, além do risco político local; mercado de olho em atuação do Banco Central no câmbio.

 

Estas foram as principais notícias desta semana.

Ótimo final de semana e até a próxima sexta!


Veja Também