Você sempre pode investir melhor

Previdência Privada: alternativa para tranquilidade no futuro

7 de Março de 2018 |

insegurança em relação à Previdência Pública, o aumento da expectativa de vida e a estabilidade econômica têm contribuído para um aumento expressivo na procura por planos de Previdência Privada, que cresce em ritmo acelerado no Brasil e, principalmente, na Região Sul do País.

Dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi) revelam que os aportes anuais em planos deste tipo aumentaram em mais de 10 vezes nos últimos 15 anos. O segmento também elevou sua participação no PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, aumentando em mais de 2 vezes nos últimos 15 anos.

Especialistas da área apontam que o aumento da procura por planos de Previdência Privada ainda tem muito espaço para crescer e é reflexo do envelhecimento da população e da cultura de poupança de longo prazo que vem sendo difundida entre os brasileiros.

Afinal, investir em plano de aposentadoria nada mais é que começar a pensar e planejar um futuro tranquilo e de estabilidade financeira.

Com a estabilidade da economia, é uma tendência pensar no futuro financeiro da família. Só que o brasileiro precisa ficar atento a alguns detalhes num plano de previdência assim como ele atenta quando compra um carro, por exemplo.

Antes de comprar um automóvel, verificamos os custos com seguro, a autonomia, o conforto, os opcionais, a potência do motor, confiabilidade da marca, opiniões de pessoas que já possuem aquele modelo, além de fazer um teste drive. Com a previdência também é preciso verificar diversos detalhes importantes.

Antes de optar por uma opção específica, o ideal é procurar um assessor de investimentos especializado no assunto para dar dicas e ajudar a escolher o produto que mais se encaixa no perfil do aplicador.

O primeiro passo está em analisar o orçamento atual da família para saber com quanto ela poderá contribuir e prever o volume a receber no fim do período de arrecadação. Esse planejamento vai orientar a melhor escolha dos produtos nas instituições financeiras.

Diferentes pessoas têm diferentes necessidades. Por isso, é importante ficar atento ao tipo de plano escolhido (PGBL ou VGBL), à tabela de tributação do imposto de renda (regressiva ou progressiva) e aos custos operacionais do fundo (taxa de administração e carregamento).

Tudo isso impacta na rentabilidade ao longo do tempo, portanto, é fundamental estar bem informado sobre as alternativas disponíveis no mercado. Existe muita coisa boa e muita coisa ruim por aí e as pessoas ainda não conhecem os produtos.

Vale lembrar também que os planos de Previdência Privada contam com segurança extra. Comercializados com aval da Superintendência de Seguros Privados (Susep), eles têm limite para se arriscar no mercado e o pagamento dos benefícios é totalmente garantido.

Busque se informar bem antes de fazer qualquer negócio, pois escolhendo o produto errado o prejuízo pode ser grande!

Veja Também