Você sempre pode investir melhor

Palestra com a Dra. Zeina Latif oficializa chegada da Patrimono em Curitiba; assista na íntegra

1 de fevereiro de 2018 |

Na última segunda-feira (29/01), oficializando a chegada da Patrimono em Curitiba, tivemos uma palestra de altíssimo nível, ministrada pela Dra. Zeina Latif, economista-chefe da XP Investimentos.

A economista explicou sobre o atual momento que estamos vivendo e principalmente os desafios que estão por vir.

Entre os principais pontos, ela explica sobre a situação orçamentaria atual do País; nosso déficit público está em torno de 2,5% do PIB. O déficit recorrente em 2,8%, segundo a IFI. Sendo que seria necessário um superávit de 1-2% para estabilizar a dívida pública/PIB.

Para isso acontecer, é necessário um ajuste fiscal de 3,5-4,5% do PIB. Isso é muita coisa! Nunca na história do Brasil tivemos um ajuste tão forte.

Um ponto crucial para isso é a reforma da previdência, que, em 2017, compremeteu 57% do orçamento federal com suas despesas. O passivo atuarial está em 233% do PIB.

Abaixo o gasto público com previdência e Razão de dependência países selecionados.

Apesar de todos desafios, o movimento de retomada econômica irá acontecer. A queda de juros e estabilidade econômica demora em torno de 6 meses para surtir efeito concreto na economia, ou seja, ainda não colhemos os frutos desse ajuste.

Em 2018, temos uma previsão de crescimento do PIB de +3% á 4%. Outro fator que deve estimular esse crescimento é a retomada do mercado crédito, que já mostra sinais de recuperação, com níveis de inadimplência caindo, queda importante dos pedidos de recuperação judicial, mercado de capitais retomando e o índice de confiança do consumidor melhorando.

Ao fim da palestra, o designer gráfico português João Rocha enriqueceu o evento ao mostrar o seu resumo ilustrado, com vários detalhes importantes que ficarão guardados de uma forma ainda mais completa.

Quer mais conteúdo especial da economista-chefe da XP?

Confira a nossa entrevista exclusiva, na qual Zeina fala com mais detalhes sobre o atual cenário politico-econômico e os possíveis candidatos para 2018.

 

Veja Também